Tablog

Categoria : Tablog

Você conhece o bebê mais cabeludo do mundo? Ele tem apenas dois meses!
Comentários 2

Editor do UOL Tabloide

A maioria dos bebês nasce com pouco cabelo. Mas não foi isso que aconteceu com o pequeno Junior Cox-Noon. Ele tem apenas nove semanas de vida e definitivamente é o bebê com mais cabelo que você já viu na vida!

Cox nasceu em Brighton, no Reino Unido, e é filho de uma cabeleireira! Não poderia ser diferente, não é? Chelsea, a mãe, conta que tem dificuldade para deixar as madeixas do bebê comportadas, uma vez que o cabelo dele é muito grosso.

E o pequeno já tem atitude! Quando a mamãe tenta colocar chapéu nele, Cox fica incomodado. Segundo Chelsea, ele adora que seus cabelos fiquem soltos.

Acreditamos que Cox nunca terá problemas com calvície e vocês?


Fotógrafo “entra na notícia” e ajuda bombeiros em resgate de cabras nos EUA
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide

Era apenas mais um dia de cobertura jornalística para o fotógrafo norte-americano Noah Berger.

Escalado para cobrir o avanço do chamado “incêndio Clayton” –que se alastra ao norte de San Francisco, nos Estados Unidos, e já destruiu mais de 175 construções–, Berger deslocou-se para uma área rural de Lower Lake, na Califórnia, no último domingo (15), munido de sua câmera, sem saber da aventura que viveria naquele dia.

Sim, era chegada a hora de ser bombeiro por um dia, ajudando a resgatar algumas cabras que por muito pouco não foram consumidas pelas chamas.

Freelance photographer Noah Berger rescues a goat while on assignment for the San Francisco Chronicle as flames envelope a property off of Bonham Road near Lower Lake, Calif. on Sunday, August 14, 2016. Flames continue to burn out of control in the area. A blaze raging through dry vegetation in Northern California has jumped a containment line, setting several houses on fire and prompting firefighters and volunteers to evacuate horses, goats and other animals as homes burn around them. (AP Photo/Josh Edelson)

O fotógrafo Noah Berger experimenta a aventura de ser bombeiro e resgata um filhote de cabra em uma propriedade rural próxima a Lower Lake, na Califórnia, nos Estados Unidos (AP Photo/Josh Edelson)

Berger, fotógrafo freelancer que na ocasião fazia fotos para o jornal San Francisco Chronicle, em entrevista ao site SFGate disse que estava cobrindo a ação dos bombeiros quando notou que eles precisavam de ajuda para resgatar os animais do curral que era consumido pelo fogo. Ele, então, não teve dúvidas: deixou a câmera pendurada no pescoço e partiu para o resgate das cabras.

“A cabra estava muito quente e eu não tinha luvas, então foi muito intenso”, afirmou o fotógrafo-bombeiro, tão acostumado a registrar os fatos e que neste dia foi protagonista de um acontecimento surreal.

A firefighter rescues a goat from a burning house as flames envelope a property off of Bonham Road near Lower Lake, Calif. on Sunday, August 14, 2016. Flames continue to burn out of control in the area. Flames racing through dry brush Sunday destroyed at least four homes and forced more than 1,000 people to flee and firefighters to carry animals out of a northern California lake community that was evacuated in a devastating wildfire last year. (AP Photo/Josh Edelson)

Bombeiros atuam para conter o “incêndio Clayton” e resgatam animais em uma propriedade rural próxima a Lower Lake, nos Estados Unidos (AP Photo/Josh Edelson)

Outros bombeiros, então, se juntaram à ação, salvado 10 cabras, a maioria ainda filhotes, das chamas, enquanto os donos da propriedade observavam, atônitos, o avanço do incêndio sobre os currais e a casa.

“Meu marido saiu correndo e começou a abrir os currais, mas estava tudo estava pegando fogo atrás dele”, disse Mary Henderson ao SFGate. “Nós deixamos os currais abertos para que as cabras pudessem fugir e, em seguida, tivemos que entrar no carro e ir embora.”

A firefighter rescues goats as flames from a wildfire envelope the area in Lower Lake, Calif., on Sunday, Aug. 14, 2016.  The fire was creating its own weather pattern and shifted northward into Lower Lake in the afternoon, said Suzie Blankenship, a spokeswoman for the California Department of Forestry and Fire Protection. (AP Photo/Josh Edelson)

Dois de uma vez só: este bombeiro norte-americano ajudou a resgatar das chamas algumas cabras da família Henderson (AP Photo/Josh Edelson)

Henderson afirmou, ainda, que viu as fotos das cabras sendo resgatadas nas redes sociais e isso a deixou um pouco tranquila. Muitas delas, no entanto, não puderam ser salvas, apesar do ato de bravura do nobre fotógrafo.

(Além das cabras, um filhote de gato tirou a sorte grande, sendo salvo pelos bombeiros – economizando, assim uma de suas “sete vidas”.)

(Com Huffington Post)

Cal Fire San Mateo-Santa Cruz Battalion Chief Aldo Gonzales feeds an injured kitten at a home while battling the Clayton Fire at Lower Lake in California, U.S. August 15, 2016. REUTERS/Stephen Lam ORG XMIT: CKE25

Este gatinho também se salvou graças aos nobres bombeiros californianos (Stephen Lam/Reuters)


Pai faz a vontade de filhos e adota cão. Mas eles têm que seguir contrato
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide

Contrato familiar determina regras sobre como lidar com cães

Contrato familiar determina regras sobre como lidar com cães

 

“Queremos um cachorro! Queremos um cachorro!”

Cansado da cobrança e já preocupado com as possíveis dores de cabeça que viriam, um pai teve uma ideia brilhante: criar um contrato estabelecendo deveres para os filhos no cuidado com o cãozinho de estimação, com algumas restrições e cláusulas (bem) divertidas.

Usuário do Reddit , o paizão “rjohnstone13” postou a imagem do tal contrato. Olha só o que ele estipulou:

– O papai nunca terá que recolher cocô de cachorro. Nunca. O cocô do cachorro será recolhido ao menos 3 vezes por semana pelas crianças para a satisfação do papai.

– O cão não pode babar ou ficar com o nariz escorrendo. Todas as partes concordam que estes tipos de cães são nojentos.

– O papai tem o poder de veto irrestrito sobre o nome do cão.

– O cão nunca é chamado de filho ou irmão. Todas as partes concordam que o cão é um cão.

– O cão não recebe comida orgânica, gourmet ou diet. Todos as partes concordam que a boa e velha comida de cachorro é boa.

Todos concordaram com o contrato. E adotaram o bichinho.

“Duas semanas após contrato ter sido assinado, adotamos de um abrigo um vira-lata branco de três anos de idade, muito fofo, que pesa 15 libras (cerca de 7 quilos), já era domesticado e não baba”, escreveu o usuário do Reddit. “Nós o chamamos de Kershaw (não exerci o meu poder de veto). Já se passaram dois anos e as crianças (agora com idades entre 12, 13 e 15) têm sido muito boas em fazer tudo”.

“Kershaw até agora não fez nenhuma bagunça que exigisse o uso de produtos de limpeza nocivos. Todos (incluindo o pai) adoram o cão, que tem sido uma adição fantástica para a nossa família (embora não seja um membro dela)”.

O contrato "canino"

O contrato “canino”


“Tá me tirando”? Este cachorro não leva desaforo para casa
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide

Sabemos que mostrar o dedo do meio para alguém configura grave ofensa. Sabemos, também, que há quem não leve desaforo pra casa, reagindo de forma violenta a este tipo de ofensa. É o caso de Joey, um cãozinho que fica maluco quando alguém faz o gesto pra ele.

Será que seu dono o treinou para reagir assim a outros tipos de ofensa, também? Ou o “treinamento” com o cãozinho foi feito apenas para gerar boas risadas?


Menina sugere o uso de gatos policiais e ganha a resposta mais fofa
Comentários 8

Editor do UOL Tabloide

Reprodução/Twitter @tommywilkinson

Se existem cães policiais, por que não existem gatos policiais? Foi esta a pergunta feita por Eliza Adamson-Hopper, uma britânica de 5 anos, para a polícia de Durham, no Reino Unido. E ela deu bons argumentos para a sugestão em sua carta para o chefe da polícia, Michael Constable Barton:

“Um gato seria bom, já que eles têm bons ouvidos e podem ouvir quando existir perigo. Gatos são bons em subir em árvores e em caçar e podem resgatar pessoas que estão presas. Meu cachorro é amigo do meu gato e acredito que um gato policial poderia ser amigo de um cão policial.”

Em entrevista ao site do Belfast Telegraph, a mãe de Eliza, Cheryl Adamson, disse que a filha sempre faz muitas perguntas, e os pais não sabem responder muitas delas. Por isso, sugeriram que a carta fosse enviada (eles digitaram a carta ditada pela menina). Cheryl disse ainda para que a filha não esperasse por uma resposta, já que a polícia é muito ocupada. Mas o chefe Barton enviou até um desenho.

Em sua resposta, ele disse que repassaria a sugestão para o seu inspetor e desenhou para ela o seu próprio gato, Joey.

Reprodução/Twitter @tommywilkinson

Reprodução/Twitter @tommywilkinson

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eliza ficou tão empolgada com a resposta que decidiu ajudar na arrecadação de fundos para um grupo que cuida de cães policiais aposentados.


Passageira acha um novo jeito de ser irritante durante um voo
Comentários 83

Editor do UOL Tabloide

Você está curtindo um vídeo durante o voo até que os cabelos da moça da poltrona da frente cobrem a tela (por um bom tempo). Foi essa a situação vivida pelo colunista do jornal americano “Boston Globe”, Dante Ramos, que seguia de Houston para Boston sentado atrás da passageira incômoda.

Era para ser um voo tranquilo, até que a moça do assento 22B interrompeu o entretenimento do colega de Dante, Ryan, jogando os cabelos para trás. “De repente, um enorme rabo de cavalo caiu do alto da poltrona da frente, sobre a tela de entretenimento de voo, e chegava quase até a mesa”, disse o colunista em relato no site do Boston Globe


“Ryan e eu passamos alguns momentos trocando olhares de ‘não acredito’. Tirei a foto porque a situação era cômica demais. Esperamos. Quando ficou claro que a dona do rabo de cavalo, que estava jogando um game em seu celular, estava indiferente ou distraída, Ryan se levantou e chamou a sua atenção”, disse Dante.

O colunista disse ao jornal britânico Metro que a passageira não parecia ter o inglês como sua primeira lingua, e pode não ter entendido a reclamação.  “Ela deve ter pensado que ele estava reclamando por ela ter reclinado o assento”, disse Dante. “Ela puxou a cadeira para frente, e o rabo de cavalo desapareceu”.

Assim que desceu do avião, Dante postou a foto em seu Twitter. “Parabéns para a jovem com o rabo de cavalo sentada na 22B. Você inventou um novo jeito de ser insuportável a 35 mil pés”

 

 


Leia e Lucky dão à luz Chewbacca em Boston, nos EUA
Comentários 2

Editor do UOL Tabloide

No Franklin Park Zoo, em Boston, nos EUA, a história de Leia e Lucky é um pouco diferente da original retratada na saga dos Skywalker. Eles são casados, e não irmãos gêmeos, e acabam de ter uma filha, batizada como Chewbacca (sim, nesta versão é uma fêmea). A família de cabras anãs nigerianas teve o pequeno filhote na semana passada, e ele pesava apenas 1,8 kg e já começou a andar poucas horas depois do seu nascimento.

“Estamos encantados em compartilhar a notícia deste nascimento e esperamos que as pessoas consigam visitá-lo durante esta semana de férias escolares e conheçam o nosso novo adorável integrante”, disse John Linehan, presidente do Zoo New England.

There’s a new kid on the block at #FPZoo — a Nigerian dwarf goat kid, that is!Chewbacca, as she has been named, was born yesterday morning and appears bright, active and alert after her medical exam today. This little one can now be seen on exhibit inside the Franklin Farm barn. Read the full press release at www.zoonewengland.org/babygoat

Posted by Franklin Park Zoo on Wednesday, February 17, 2016

 

Se você não tem a menor ideia do que é uma cabra anã nigeriana, saiba que é um animal de comportamento dócil, originário do oeste da África e domesticado como cabra leiteira. Como são altamente adaptáveis, elas podem viver em ambientes frios, quentes e até secos.

Chewbacca é a segunda herdeira de Lucky e Leia, e não há informações sobre o primeiro filho do casal. Será que foi para o lado negro da força?

 

Chewbacca e a mãe, Leia

Chewbacca concentrado para dar os primeiros passos

Chewbacca mostra que é fotogênica


Está aberta a temporada das árvores de Natal mais estranhas
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide

Para quem ainda não montou a tradicional árvore de Natal, o primeiro fim de semana de dezembro é o momento ideal. Para ajudar a evitar um trauma familiar, o UOL Tabloide encontrou alguns exemplos que não aconselhamos a serem seguidos.

 

A árvore estilizada construída em Hobart, na Austrália, custou US$ 35 mil (cerca de R$ 96 mil na conversão dos dólares australianos).

A árvore de Natal da cidade britânica de Leicester mais parece um chapéu de feiticeiro dos desenhos da Disney, não?

 

Esta árvore decorada na cidade de Plymouth, na Inglaterra, parece estar levemente alcoolizada.

 

Este é um exemplo minimalista: ocupa pouco espaço, exige pouca decoração, mas também não impressiona.

   

Um site brasileiro também reúne alguns exemplares exóticos de árvores de Natal.

Tags : natal


DeLorean vira caixão em anúncio de cemitério à la “De Volta para o Futuro”
Comentários 1

Editor do UOL Tabloide

cemiterio de volta pro futuro

 

Todo mundo tirou uma casquinha de “De Volta para o Futuro” em 21 de outubro de 2015, mais conhecido como quarta-feira passada, data em que Marty McFly e Doc Emmett Brown chegam ao futuro na segunda parte da trilogia – inclusive o UOL Tabloide, é claro.

E até um cemitério de Teresina (PI), experiente no quesito “postagens inusitadas no Facebook”, resolveu fazer a sua graça. A mensagem “não dá para voltar!” no lugar do logo do filme ilustra uma imagem que também tem um caixão substituindo o DeLorean e suas marcas de pneu incandescentes. Ao lado, a explicação: “Não perca tempo, adquira seu jazigo!”

Com a alusão ao filme, de gosto duvidoso o cemitério Jardim da Ressureição espera atrair novos clientes. Parece que funcionou: um dos comentários mais curtidos é de uma garota, que se diz de São Paulo, afirmando “gostaria de ser cremada aí, tem como?”.


Papa não faz milagre, mas já multiplica cliques com viral
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide

Pode parecer papo de ateu, mas nesse papa a gente não confia!

Afinal de contas, Francisco já disse que cachorros vão para o céu, já fez brincadeirinhas sobre a rivalidade entre Pelé e Maradona e vai até lançar um CD de rock sobre a visita aos EUA — confirmando que é o papa mais pop da história dos papas.

Agora, ele aparece nesse vídeo puxando a toalha da mesa sem derrubar as coisas de cima, sob os olhares incrédulos dos bispos americanos. #LikeaBoss !!

O vídeo, claro, é uma montagem…. mas, dado o histórico do papa Francisco, bem que poderia ser verdade, não?