Tablog

Categoria : Bichos

Nojo de recolher cocô do seu cachorro? Invenção promete te ajudar!
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide


O Piqapoo é uma solução interessante para os donos que estão de saco cheio de saírem para passear com um (ou mais) saquinhos para recolher o cocô de seu peludo. Fora o nojinho que é recolher os excrementos caninos… Os inventores garantem que o clipe não machuca o rabo do seu cachorro porque é feito de silicone. É só colocar o saquinho, e quando o “serviço” for finalizado, você apenas precisa jogar fora. Fácil e indolor!

Pelo vídeo, parece beeeem fácil mesmo. A questão é só saber se o seu cãozinho não vai se incomodar com esse clipe preso em seu rabicó. O Pipoca, beagle do Editor do UOL Tabloide, não ficaria com essa invenção nem por cinco segundos.

Na plataforma Kickstarter –espécie de “vaquinha” online normalmente usada por startups para colocar um projeto em prática–, em dois dias os inventores conseguiram alcançar o valor desejado: US$ 15 mil. Até agora, eles já arrecadaram mais de US$ 23 mil e a campanha ainda durará mais 50 dias.

Gostou da ideia?


Americano inventa ‘collant’ para evitar que cães soltem pelos no carro
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide

Esse é o Harley <3

Esse é o Harley <3

A gente morre, mas não vê tudo nessa vida. Aposto que seu cão adora passear de carro, mas deixa seu possante lotado de pelos, certo? Seus problemas acabaram!

O americano Tyson Walters, orgulhoso dono de um cão da raça são bernardo –o Harley–, também passava por isso. “Meu carro estava praticamente arruinado. Os pelos do Harley se entrelaçavam no tecido do banco e nunca mais saíam”, explicou.

Foi aí que ele teve a ideia de criar o Shed Defender –uma espécie de macacão ou ‘collant’ para cachorros que evita que os pelos se espalhem no carro ou onde quer que o cachorro esteja.

 

A roupinha inusitada cobre quase todo o corpo do cachorro, só deixa a cabeça e o rabo de fora (acho que não rola fazer pipi). Mas Tyson alerta: é claro que não é uma roupa para o seu melhor amigo usar o tempo todo, mas serve para aquela viagem de carro ou para quando você fez faxina em casa e não quer pelos no seu sofá, por exemplo. Ou pra quando mais sua imaginação permitir.

E não se preocupe, seu amigo peludo não vai superaquecer com o colant engraçado. Segundo o site, “o Shed Defender é feito de malha atlética leve, respirável e elástica. É uma fibra ecológica única feita de tecido parcialmente reciclado.”

E o melhor: comprando o macacão você ainda ajuda os dogs menos favorecidos. Uma parte de todas as vendas vai para um abrigo local. Muito legal!

Se quiser se arriscar a pagar o frete dos EUA para o Brasil, acesse o site e compre o seu, tem de vários tamanhos: https://www.shed-defender.com/.

Não é fofo?

Lá do Demic Media.

 


Aurora, a fofa gata princesa, adora comer, dormir e ser mimada
Comentários 2

Editor do UOL Tabloide

Aurora é uma linda gata da raça Ragdoll gigante dos olhos azuis que mora na Suécia. E ela é tratada como uma verdadeira princesa.

gata3

“Gatos são conhecidos por serem os donos da casa e Aurora leva isso a outro nível. Ela sabe que é bonita, pelo menos é o que mostra”, contaram seus proprietários Emily e Niklas ao site Bored Panda.

E o que esta princesa mais gosta de fazer? “Gosta de fazer o que a maioria dos nobres gosta: comer, dormir e ser mimada”. Que vida boa!

Você pode pensar que Aurora é arrogante e presunçosa, mas seus donos afirmam que ela não é nada disso.

gata6

“Aurora é uma gatinha muito inteligente e amável. Nós brincamos muito em nossos posts [no Instagram] sobre como ela vê seus seres humanos como servos, mas, na realidade, ela nos dá o mesmo amor de um cão, o que pode ser raro para um gato”, afirmaram Emily e Niklas.

Aurora pode se achar porque você é simplesmente linda.

gata2

gata4
gata1

gata5


Nos EUA, cães abandonados viram ‘modelos’ na busca por um lar
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide

Esses cães que vivem em um abrigo em El Dorado, no Arkansas (EUA), tiveram um dia de modelo para ajudar na busca por um novo lar.

cao5

cao4

A fotógrafa Tammy Swarek criou lindas e divertidas fantasias para os animais que vivem no Union County Animal Protection Society.

Em entrevista à emissora ABC News, Swarek disse que se inspirou em outros projetos semelhantes que viu no Facebook.

E as adoções já começaram a acontecer. “Não tinha ideia do quão importante esse projeto seria para os cachorros nesse abrigo. Estou orgulhosa de mim, dos cães e do abrigo”, disse.

E aposto que você soltou um sorriso ao ver esses cãezinhos!

cao1

cao3

cao2


Aérea australiana vai transportar de graça cães abandonados até novos donos
Comentários 2

Editor do UOL Tabloide

O Editor do UOL Tabloide é um ferrenho defensor dos animais, por isso ficou feliz com a notícia de que a Virgin Austrália vai transportar DE GRAÇA, até seus novos donos, cachorrinhos abandonados, resgatados e que vivem em abrigos.

A companhia aérea informou em seu Facebook que voará centenas de bichinhos de estimação pelo país, “quebrando barreiras de distância e viagens com a ajuda de instituições que se preocupam com o bem-estar animal”.

E o primeiro encontro já aconteceu, quando a Virgin, juntamente com a ONG Pet Rescue, conseguiu unir Lallee com sua nova família em Sydney.

Não é muito amor? <3

cachorro


Cão com vitiligo? Sim, existe e ele faz o maior sucesso na internet
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide

“Vocês pintaram os olhos dele de branco?” Essa é a pergunta que os donos de Rowdy mais ouvem na rua quando passeiam com o cãozinho de 14 anos. O labrador preto foi diagnosticado com vitiligo, uma doença provocada por uma desordem nos produtores de melanina, causando manchas esbranquiçadas na pele.

A doença se manifestou em Rowdy há cerca de um ano e já aparecem na sua barriga também. Os médicos não sabiam do que se tratava até o labrador passar por uma biopsia.

As manchinhas brancas ao redor dos olhos fizeram com que Rowdy acabasse se tornando uma sensação na internet. Agora ele vai usar toda essa fama para ajudar crianças que também têm vitiligo a notarem que é normal ser diferente <3

O labrador será representante de uma fundação norte-americana que pesquisa a doença, a “The American Vitiligo Research Foundation”. “As crianças vão amar Rowdy! Ele vai ajudá-las a se sentirem bem com suas condições”, afirmou ao Daily Mail Stella Pavlides, fundadora da instituição.

Mas nem tudo são flores na vida de Rowdy. Ele já se envenenou acidentalmente com água contaminada e levou um tiro de um policial que o confundiu com um ladrão. Felizmente o cãozinho superou tudo isso e agora serve de exemplo!


Pai faz a vontade de filhos e adota cão. Mas eles têm que seguir contrato
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide

Contrato familiar determina regras sobre como lidar com cães

Contrato familiar determina regras sobre como lidar com cães

 

“Queremos um cachorro! Queremos um cachorro!”

Cansado da cobrança e já preocupado com as possíveis dores de cabeça que viriam, um pai teve uma ideia brilhante: criar um contrato estabelecendo deveres para os filhos no cuidado com o cãozinho de estimação, com algumas restrições e cláusulas (bem) divertidas.

Usuário do Reddit , o paizão “rjohnstone13” postou a imagem do tal contrato. Olha só o que ele estipulou:

– O papai nunca terá que recolher cocô de cachorro. Nunca. O cocô do cachorro será recolhido ao menos 3 vezes por semana pelas crianças para a satisfação do papai.

– O cão não pode babar ou ficar com o nariz escorrendo. Todas as partes concordam que estes tipos de cães são nojentos.

– O papai tem o poder de veto irrestrito sobre o nome do cão.

– O cão nunca é chamado de filho ou irmão. Todas as partes concordam que o cão é um cão.

– O cão não recebe comida orgânica, gourmet ou diet. Todos as partes concordam que a boa e velha comida de cachorro é boa.

Todos concordaram com o contrato. E adotaram o bichinho.

“Duas semanas após contrato ter sido assinado, adotamos de um abrigo um vira-lata branco de três anos de idade, muito fofo, que pesa 15 libras (cerca de 7 quilos), já era domesticado e não baba”, escreveu o usuário do Reddit. “Nós o chamamos de Kershaw (não exerci o meu poder de veto). Já se passaram dois anos e as crianças (agora com idades entre 12, 13 e 15) têm sido muito boas em fazer tudo”.

“Kershaw até agora não fez nenhuma bagunça que exigisse o uso de produtos de limpeza nocivos. Todos (incluindo o pai) adoram o cão, que tem sido uma adição fantástica para a nossa família (embora não seja um membro dela)”.

O contrato "canino"

O contrato “canino”


“Tá me tirando”? Este cachorro não leva desaforo para casa
Comentários COMENTE

Editor do UOL Tabloide

Sabemos que mostrar o dedo do meio para alguém configura grave ofensa. Sabemos, também, que há quem não leve desaforo pra casa, reagindo de forma violenta a este tipo de ofensa. É o caso de Joey, um cãozinho que fica maluco quando alguém faz o gesto pra ele.

Será que seu dono o treinou para reagir assim a outros tipos de ofensa, também? Ou o “treinamento” com o cãozinho foi feito apenas para gerar boas risadas?


Coelho da Páscoa é preso em Boston (EUA)
Comentários 4

Editor do UOL Tabloide

É amigos, não tá fácil nem para o Coelho da Páscoa.

Um agente do Departamento de Polícia de Boston, em Massachussets (EUA), postou uma série de fotos no Twitter retratando a ‘prisão’ do meliante. A acusação? Estar em posse de ovos de Páscoa sem a documentação exigida.

“Coelhinho mal”, escreveu o capitão John Greland. Por sorte, parece que alguém pagou a fiança do coelho, então a Páscoa está garantida.

“Alguém veio com 24 cenouras e pagou a fiança”, contou Greland.

coelho

Veja a sequência do acontecido:

Lá do Boston Globe.


Conto da fadas chega ao fim e unicórnio é detido nos EUA
Comentários 7

Editor do UOL Tabloide

Reprodução/Your Central Valley

O unicórnio Juliette foi detida pela polícia na Califórnia. Foto: Reprodução/Your Central Valley

A polícia da cidade de Madera Ranchos, na Califórnia (EUA), recebeu inúmeros telefonemas de motoristas que trafegavam por uma via da região relatando que um pequeno unicórnio, uma criatura mítica dos contos de fadas, estava solto e ameaçava o trânsito local. Foram mais de 3 horas de buscas, incluindo o uso de um helicóptero, para encontrar e, finalmente, deter Juliette, um pequeno pônei branco que usa um chifre de unicórnio durante sessões de fotos.

Segundo a imprensa local, o suposto unicórnio só foi encontrado quando uma moradora da área decidiu participar das buscas com o seu cavalo, Shady, que conhece Juliette. A dona do pônei branco é uma menina de 5 anos, Tatum Boos. O animal decidiu fugir enquanto participava de uma festa de aniversário.

“Nos avisaram que ‘o unicórnio estava sob custódia’ e, por mais tensa que a situação parecesse, senti uma espécie de alívio cômico pela situação, ri e chorei”, disse Sandra Boos, que trabalha com fotografia. O animal é usado em diversas sessões de fotos com crianças.

Cada sessão com o unicórnio Juliette custa, segundo a página de Sandra no Facebook, US$ 125 (cerca de R$ 500), dura 15 minutos e dá direito a 15 fotos.

Juliette durante o trabalho como modelo com uma criança. Foto: Reprodução/Facebook Sandra Boos Photography

Juliette durante o trabalho como modelo. Foto: Reprodução/Facebook Sandra Boos Photography